sábado, 30 de julho de 2016

TENTANDO DECIFRAR


 Eu fico tentando te entender. Por mais que eu tente aqui, eu não consigo te decifrar por completo. Nas horas que tu precisas que eu esteja presente acontece, porque lá eu estou. Mas sinto que quando eu preciso tu não fazes o mesmo. Não quero que seja uma troca de favores. Eu quero que seja natural e que seja da própria vontade de me ver. Assim as coisas fluem mais. Ontem a noite fiquei pensando se da próxima vez que tu me chamares eu talvez diga um "não" e encerre toda a história, mas tenho receio e dúvida. Não sei se é isso que quero. Porque quando tô contigo eu me sinto tão relaxado, tão confortável e tão à vontade. O problema é que quando não tô simplesmente parece que fazes de conta que eu não existo. Agora fico nesse impasse que me dói só de pensar e sem saber o que fazer. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário