domingo, 17 de julho de 2016

RETORNO CÉTICO


 Não sei se é saudável retornar à alguém que já te provocou bastante sofrimento. Mas também os sentimentos não estão no nosso total controle. Eu tenho controle do quê devo fazer, mas não sou responsável pelo que os meus sentimentos me guiam. Eu tava aqui pensando agora se voltar a ficar com uma pessoa que já provocou sofrimento é saudável. É como se eu tivesse querendo curar uma ferida, mas talvez apenas eu esteja só remexendo na mesma. Só que quando tô junto eu não me sinto mal. Nem se quer longe, como agora. Mas começou a me passar na cabeça esses turbilhões de pensamentos e minha barriga gela só em pensar que estou sujeito a me machucar de novo. Só que dessa vez eu tô mais frio. Eu não consigo mais me comover e nem sentir absolutamente nada. O que ainda sinto é medo. Medo de passar pela mesma coisa mais uma vez. Mas acho que toda essa minha frieza acaba sendo uma proteção, de certa forma. Quando decidi retornar, eu lembro que havíamos combinado de haver uma conversa. Beleza. Fui lá e não houve conversa alguma a respeito de tudo que havia acontecido. E foi aí que comecei a pensar se realmente eu devia ter ido lá. Aparentamos estar numa boa e algumas coisas foram jogadas no ar. Mas não sei se realmente devo continuar nisso ou se ponho logo um ponto final e enterro toda essa história de uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário