quarta-feira, 22 de novembro de 2017

VIRANDO A PÁGINA


 E mais uma vez encontro contigo por aí. E mais uma vez o meu coração acelerou. Fiquei nervoso. Sem reação. Com aquele nó na garganta e trêmulo. Te vi de longe e a vontade que tive foi de te dar um abraço bem apertado. Mas lá estavas tu, acompanhado do teu atual namorado. E me veio tanta coisa na cabeça. Lembro que jamais tivemos um compromisso sério. Que não nos víamos com frequência e tinha até receio de andar comigo de mãos dadas na rua. E agora vejo tudo isso acontecer com ele e isso me frustra demais. Frustra, porque eu queria estar no lugar dele. Soou meio psicopata isso, mas não foi a intenção (Risos). Eu sei que logo no início eu vacilei, de verdade. Talvez seja por isso que as coisas aconteceram como aconteceram. E sempre questionei se tudo aquilo era vingança pra ti fazer eu comer na tua mão. Tu foste uma das pessoas que mais mexeu comigo nessa vida. E eu achei que jamais sentiria algo do tipo novamente. Conversamos sobre a minha vida, mas acabei me tocando que manter contato só vai alimentar esse sentimento que ainda tenho por ti e vai mantê-lo vivo. E eu não quero isso, porque agora sei que tu estás totalmente em outra. E tu estás super certo. De coração. Mas eu percebi que eu ainda não. Percebi que realmente não temos controle sobre isso. Desculpa se simplesmente te bloqueei. Eu só preciso que tu realmente sumas de vez da minha vida pra eu poder te esquecer, pra eu poder destruir e acabar com esse sentimento que já se tornou inválido e esmagador. E eu já tô cansado de sofrer, e sofrer por isso vai ser um total martírio. Tô sendo radical em te bloquear sim, mas é a única forma que eu consigo esquecer o que eu sinto por alguém. Desculpa. 

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

...


 Ê, ansiedade. Ê crise existencial. Ê tristeza eterna que me abraça. No momento eu paro pra pensar em tudo que anda acontecendo. Crise financeira. Vivo rodeado de gente, mas me sinto só. Animação zero pras coisas em geral. Sem estimulo pra nada e meu pensamento vive explodindo quando tô desocupado. Ultimamente tenho procurado recursos pra tentar me distrair ao máximo e fugir de mim mesmo pra não ter esses ataques, mas eu sei que esses tipos de coisas são apenas provisórias. Dou uma cheirada aqui e tomo algumas coisas em balada pra me dar gás e me sentir feliz de verdade por algum momento. Tô até mesmo afirmando agora que o álcool já não me trás mais satisfação, porque eu sei que no dia seguinte vou acordar todo cansado e mal. O álcool também não me dá mais alegria, e sim só faz com que todos esses meus sentimentos saiam pra fora com tudo e explodindo. Tenho pensado muito na morte. Me questionando pra valer em relação à isso. Mas ao mesmo tempo eu tenho medo dela. Afinal ninguém sabe qual é a sensação. Devo ter medo do que vou sentir na hora. Mas sei também que é um fim total. Sei também que é egoísta em fazer isso e não lembrar dos outros. Mas me pergunto. Que outros são esses? será que existem mesmo? será que se importam de verdade? Eu sempre fui uma pessoa muito organizada na minha vida financeira e nem isso mais eu tenho controle. É frustrante receber e não ter nada depois e ainda ficar devendo. Uma verdadeira bola de neve. Ao mesmo tempo também me sentir só é muito ruim. E agora perceber que tu ainda gostas muito de uma pessoa que nem faz mais parte da tua vida é mais desesperador ainda...

domingo, 6 de agosto de 2017

EXISTE TEMPO ESTIMADO PRA DIZER QUE TÁ APAIXONADO?


 Por que será que espanta tanto as pessoas tu falares o que está sentindo?
 Será que nos dias de hoje é errado?
 Eu sou o tipo de pessoa que quando se permite se entrega muito rápido. Eu não tenho um tempo estimado pra isso acontecer. Pode ser apenas em uma semana, três dias ou até mesmo um. Se o encontro foi bom, eu já saio de lá pensando demais na pessoa. Em como ela é e tudo mais. Já mantenho o contato diariamente e cada vez mais vou deixando me envolver. Agora fico pensando se isso é demais. Se isso chega a ser assustador, pois me parece que sim. Eu sou cheio de receio e medo e quando levo um corte só me frustro mais. Me frustro, porque sempre espero algo minimo vindo da outra parte e muitas vezes isso não acontece. Eu entendo que cada pessoa tem o seu tempo, mas o que não entendo é porque elas se espantam quando falamos o que estamos sentindo por elas. Sério mesmo que existe tempo pra sentir as coisas? Eu vou começar a praticar a técnica de ficar mais na minha, de guardar mais pra mim. Pra justamente eu não precisar mais ter que me decepcionar tanto com os outros. 

quarta-feira, 19 de julho de 2017

ORGULHO DESTRÓI


 Até quando tu vais deixar o orgulho prevalecer em tudo? Acredito que ainda não deve ter caído a ficha que o orgulho só destrói as coisas. É exaustivo tais atitudes de não assumir se quer que está errado e mais frustrante ainda não pedir desculpas, mesmo sabendo que está errado. Eu já não tenho mais paciência pra aturar esses tipos de coisas. Eu pelo menos consigo saber quando estou errado e corro atrás pra deixar tudo bem. Só que não posso mais fingir que nada aconteceu e deixar esse tipo de coisa criar raiz. É melhor cortar agora do quê deixar pra fazer isso depois, que vai ser muito mais complicado. 

quinta-feira, 25 de maio de 2017

NÃO MENDIGUE ATENÇÃO


 Hoje eu comecei a assistir uns vídeos de um Youtuber que eu descobri no facebook e depois fui ver mais dele através de um vídeo, que dizia sobre não aceitar amor bosta. Achei muito interessante e resolvi caçar o canal dele no youtube. É Guilherme alguma coisa, que agora não me recordo o sobrenome, mas é só pesquisar algo sobre amor bosta ou algo do tipo que tu deves achar. Ele fala muito sobre relacionamentos e me peguei pensando sobre os últimos que tive. Sem falar que foram um atrás do outro e fiquei meio cético se tudo estava acontecendo de uma forma natural ou de uma forma que eu estivesse desesperado em encontrar alguém. Se era desespero de estar querendo encontrar alguém, já estava tudo errado a partir daí. Eu até meio que já falei sobre isso por aqui, mas jamais devemos procurar um namorado ou namorada, porque procurar ficar parecendo que tu estás necessitado de ter alguém pra se sentir feliz. E isso não é legal. O lance legal é tu se sentires bem com a tua própria companhia e se aparecer alguém que seja pra agregar a coisa toda. Não aceite jamais também relacionamentos que só fazem se arrastar e que sirvam apenas de enfeite pra mostrar que tu tens alguém, que na verdade assim tu não estás tendo ninguém. Eu prefiro mil vezes passar 10 anos da minha vida sozinho do que ficar em um relacionamento que só vai Se arrastar e me machucar. Esse Youtuber também me mostrou as palavras exatas pras minhas exigências: Eu quero alguém que me dê tesão fisicamente e intelectualmente. Porque se for de uma forma intelectual essa pessoa vai ser um amigo, e se for só fisicamente vai ser apenas algo que só vai acontecer pra aquele momento e não vai pra frente. E parei de ficar mendigando algum tipo de retorno dos outros. Tenhas certeza que se alguém gosta mesmo de ti, ela vai querer te manter por perto e vai te procurar. Então se tu estás correndo atrás de alguém que nem se quer manda uma mensagem pra ti e só tu vives chamando, PARE. Me questiono agora com tanta coisa sobre isso, sabe? Porque eu já corri muito atrás, sofri demais e sempre fui de ficar querendo conhecer caras novos e a real é que não preciso disso. No final das contas eu só espero que tenham entendido todo esse meu raciocínio. 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

AS PESSOAS FINGEM QUE SE IMPORTAM


 É tão ruim perceber que as pessoas fingem que se importam com as coisas que acontecem contigo. Principalmente quando essas coisas são ruins. Tu se abres pra alguém, a pessoa começa a te dizer um monte de coisas, como se estivesse se importando e logo depois tu percebes que não passa de fingimento. Ela finge, porque ela percebeu que tu foste buscar contar tudo pra ela. E ela se sente na obrigação de alguma forma de demonstrar que tá se importando, mas na verdade não tá. Tá legal que muitas vezes ninguém pode fazer absolutamente nada, mas só o fato de estar presente já significa muita coisa. 

sexta-feira, 28 de abril de 2017

FRESCURA?


 Suicídio é algo que só entende de verdade quem tá pensando em um. É muito fácil pra quem tá do lado de fora apontar e julgar sobre. As pessoas em sua maioria não estão nem aí se tu estás pensando em tirar a tua própria vida. O pensamento mais óbvio e claro que elas estão tendo naquele momento é de que tu não passas de um fraco e burro. Mas será que elas já pararam pra pensar quais motivos estão levando à tu ficares pensando nisso? O mais ruim de tudo isso é ver que existem pessoas que diziam gostar de ti e ficarem achando que tudo não passa de frescura.