segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

NÃO INSISTA


 Eu acho que quando as coisas tem que acontecer, elas simplesmente acontecem. Pra quê ficar insistindo em alguém que desaparece e do nada resolve aparecer na hora que bem entender? Como se nada tivesse acontecendo. Como se sumir fosse a coisa mais normal do mundo. Quando a pessoa tem interesse em ti, ela sempre está presente. Não precisa necessariamente passar o dia conversando, mas também não precisa desaparecer. Insistir em pessoas assim acaba te fazendo mal. O psicológico fica tenso. 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

APONTAR DO LADO DE FORA É FÁCIL


 Ultimamente tem me dado muita raiva ter que contar sobre os meus problemas de relacionamentos pra maioria das pessoas, porque pra elas é muito fácil julgar e apontar todos os lados terríveis. Afinal, elas estão do lado de fora. Elas sempre te aconselham a fazer coisas mais radicais como terminar tudo, bloquear e fazer com que seu parceiro do relacionamento desapareça de uma vez da sua vida. Eu só acho que quem realmente sabe o que acontece é quem está dentro da situação. Quem sente tudo de verdade. Se eu não desisto, deve ser porque algo ainda faz sentido pra mim. Eu ainda acredito que possamos ter algum rumo e que as coisas não podem acabar de uma maneira tão fútil. Mas claro, também não vou ignorar coisas ruins e fingir que nada aconteceu. Isso seria só adiar e acumular coisas que podem fazer mal. Então, eu vou começar a guardar mais pra mim essas coisas de muita gente, porque eu fico cansado sempre dos mesmos argumentos de "Tu és trocha. Ele tá te fazendo de besta. Larga logo ele. Manda ele desaparecer". Relaxa, eu sei até que ponto eu consigo chegar e sei dar uma basta quando preciso dar. 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

ANGÚSTIA


  Quando tô sozinho. Sem estar conhecendo alguém. Eu apenas me sinto tranquilo, em paz e sem preocupação alguma sobre alguém. Mas ao mesmo tempo eu sinto falta de conversar com alguém no dia a dia, saber como foi o dia daquela pessoa, de como ela está e por aí vai. Só que quando tô nessa vibe e acontece algum conflito, eu fico desesperado. Me dá uma angústia. Um aperto no peito e um nó na garganta. Não consigo me concentrar 100% nas coisas do meu dia. Fico até mesmo impaciente e sem saco pra absolutamente nada. Doido apenas pra quê aquele dia acabe e chegue logo a hora de deixar tudo bem. E é exatamente isso que tô vivenciando nesse exato momento.