sábado, 23 de julho de 2011

DESNECESSÁRIO


 Veja bem, olhe como se sente. Tudo tornou-se tão inútil e desnecessário, sinta que nada está na sua banalidade total. O corpo precisa parar, a mente precisa ser destruída. O quanto que isso pode desmotivar um ser à viver ?
 Queira estar frio, seu sangue deseja parar de circular entre as suas veias. Sua cabeça pouco raciocina, tudo parece perturbador. É tão pequeno, é tão curto. Naquele momento, a coisa melhor seria estar parado, sem coração, sem vida e apenas encaixado dentro de uma cova. 

quarta-feira, 13 de julho de 2011

PREOCUPAÇÃO


 Fato que me consome, minha mente fica totalmente concentrada naquilo que poderia não me incomodar tanto. Fico totalmente ligado sobre tudo que acontece, meu corpo fica ali parado, minha alma vaga por algum tempo por outros caminhos. Fico sem encanto, talvez, em prantos.
 Não consigo conversar direito, meu corpo está ali, mas é como se fosse algum tipo de andróide: Com um corpo, mas sem sentimentos e nem pensamentos reais. Estando ali apenas pra se mover ou dizer algo, algo que com palavras pode ser mas talvez, não possa ter algum sentido em cada uma delas.
 Quando fica daquele jeito, complicado e nada é resolvido, fico assim. É um estado totalmente preocupante. Deixe-me nessa forma, ficarei nesse estado até me resolver comigo mesmo e com algo que me deixa assim. Estou bem, sei me resolver.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

SEGREDO INTERNO


  Veja só, repare e pense no porque de sempre eu estar ali quieto e pensativo. Estou lá, sempre sendo aquele ser com algum segredo interno, aquele que só eu mesmo sei, que prefiro guardar e pensar em algumas coisas até resolve-las.
  Tudo tinha ficado muito confuso, ao mesmo tempo eu estava gostando de duas pessoas. Me sentia como um bicho selvagem que não raciocinava e que tudo era apenas uma falta de lógica na minha cabeça, não sabia como encaichar as peças em seus devidos lugares, a minha mente sentia uma dor imensa, apertava a cabeça e o coração, meu peito fechava-se cada vez mais.
  Não suportando mais tudo isso, resolvi contar. Mas isso foi decidido quando vi que tinha concluído tudo, que amava apenas uma pessoa, que aquilo eram apenas cacos de um coração passado, fraco, sem coragem e sem decisões certas pra vida. Aqui estou, aqui eu sou um coração recuperado, que aprende cada vez mais com a vida e com o momento. Coração que te ama cada vez mais, mas que sabe ter os devidos cuidados.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

ENTRANDO EM UM MOMENTO DO OUTRO MUNDO


  Palavra por palavra, e lá estamos nós mergulhando em um mundo diferente. A coisa vai tornando-se cada vez mais interessante, cada momento tem uma certa paciência e às vezes, essa paciência está em um limite que vai além do que pensamos. Hoje em dia, ler é um bicho de sete cabeças, as pessoas acostumam-se com coisas mais simples como redes sociais, onde você posta coisas básicas e tem mais saco pra ler e entender a coisa toda.
  Só que é tudo diferenciado, o livro é um mundo de palavras, ideias e conhecimentos de um ser que se pôs a expor algo que ele pensa. Ali, ele faz daquilo o seu mundo. Seja macabro, sinistro, melancólico, dramático e por aí vai. Não to querendo dizer que nas redes sociais, as pessoas não possam expor algo que pensam e sim, é exatamente uma forma muito explicíta de ser dizer algo e em um livro, é uma forma mais detalhada sendo oculta ou não.
  Começa a história, cada palavra é um momento que vai te enchendo de informações, anseios, agônia, melancolia. Você mergulha e acaba participando daquilo tudo, pensa e reflete sobre aquela história, aqueles acontecimentos que sairam apenas de um único ser, o autor do livro.
 Por um momento, lá está você acompanhando uma história. Com toda aquela paciência, o seu pensamento vai entrando na ânsia, emoção, expectativa de algo acontecer, como se cada coisa daquela fosse real. Se é ou não, isso eu não sei. Depende de como tudo é relatado, se o autor se baseou em algo verdadeiramente real ou não.
  Um livro sempre é um mundo com pensamentos diferentes, cada autor tem uma visão de ver as coisas e isso pode ajudar à ter ideias que possam te auxiliar futuramente.