quarta-feira, 27 de abril de 2011

VIVENDO A VIDA


 Já parou pra pensar o quão do tempo você perde vivendo a vida dos outros? É muito deprimente ver que alguém para de viver a sua vida pra viver a vida de outra pessoa. Crítica, julga, faz questionamentos e afirmações. Fica ali, falando sem pensar sobre aquela outra pessoa, sobre o que ela faz, suas atitudes e seus pensamentos.
 Cada qual tem uma opinião, tem seu gosto, sua crença, sua cor e seu caráter. O mal das pessoas é esse hoje em dia, não se importam mais com si mesmos e sim, com a vida dos outros. Por que não vive a sua própria vida e pare de ficar se incomodando com a dos outros? Não é melhor não? Será que tudo isso é diversão pra você? Se é, então, acho que não tem mais nada pra fazer de interessante na sua vida. Desculpe, és um inútil.

terça-feira, 19 de abril de 2011

MEU JEITO






  Por que muitos acham que temos que mudar o nosso jeito, só porque aquela tal pessoa não gosta? Pra mim, as coisas não funcionam desse jeito e nem de alguma forma parecida. Se você se importar, as coisas mudam de uma forma totalmente radical, e toda aquela personalidade acaba saindo de si mesmo e aos poucos, ela se torna um fugidio.
  Muitos pensam que eu me acho, mal sabem eles que eu só me perco. Comigo, não tem dessa de nego querer vim dizer o que tenho que fazer e como devo ser. Sou assim, o meu jeito é esse. O que resta? Tente pelo menos aceitar, se acha difícil, aí esse problema não é meu e não poderei fazer mais nada. Pra falar a verdade, nem tento fazer algo, to pouco me importando com o que as pessoas irão pensar e falar. O que importa pra mim, é o que eu penso e quem sou. Nada mais.
  Não posso mudar de personalidade, porque alguém não gosta desse meu jeito. Não posso fazer isso comigo, é arriscado demais. Gosto de me arriscar, mas não dessa maneira. Se eu mudar por causa de alguém, aí já não terei mais personalidade.
  Então o que resta fazer? Como eu disse, apenas aceitar. Não queira que os outros mudem, cada qual tem o seu jeito, se não gostar, só mando um beijo. Obrigado!