sábado, 23 de julho de 2011

DESNECESSÁRIO


 Veja bem, olhe como se sente. Tudo tornou-se tão inútil e desnecessário, sinta que nada está na sua banalidade total. O corpo precisa parar, a mente precisa ser destruída. O quanto que isso pode desmotivar um ser à viver ?
 Queira estar frio, seu sangue deseja parar de circular entre as suas veias. Sua cabeça pouco raciocina, tudo parece perturbador. É tão pequeno, é tão curto. Naquele momento, a coisa melhor seria estar parado, sem coração, sem vida e apenas encaixado dentro de uma cova. 

Um comentário: