domingo, 4 de outubro de 2015

FINAL DE NOVELA


 Chegamos a mais um final de uma novela, e esse tipo de novela que eu falo nunca tem um final legal. Na verdade acho que isso foi mais um curta do que uma novela, né? Mas enfim, vamos colocar os demônios pra fora. Acho que nunca tinha embarcado com alguém tão confuso e que não sabe nunca firmar o que quer. Uma hora está fofo e tal hora não tá afim nem de conversar direito. Começou a aparecer que eu estava forçando as coisas, mas a sua interpretação não foi das melhores. Eu precisava apenas de uma resposta: Saber realmente se havia algum interesse em mim. Hoje descobri que tu estás preso demais à um passado. Ele ainda mexe muito contigo. Inclusive ainda pensas em retornar pra ele, e foi o que mais me frustrou e fez com que eu largasse da tua mão no meio desse caminho. Largo da tua mão com tamanha tristeza. Pois sempre acreditei que retornar à um lugar onde nada deu certo é persistir em um erro, acredito também que tentar duas vezes onde há erros cruéis é burrice. Já tive experiência sobre isso. Não é pensamento egoísta em desistir de outra pessoa por ela estar envolvida com coisas ruins, mas se houve pedido e mesmo assim as coisas continuam da mesma forma, por que insistir? Mas cada um sabe o que faz. Todos são livres. Jamais vou implorar por atenção e carinho. Esses tipos de coisas têm que ser da forma mais natural possível. Acho que até agora tu deves tá meio cético em relação ao meu sentimento por ti, e eu estou cético também, mas tenho certeza do meu sentimento depois de toda essa tempestade grotesca. O meu ceticismo é só de como fui acabar gostando de um carinha que nunca vi na vida. Tu disseste que era melhor eu me afastar pelo meu próprio bem, mas tu não sabes o que falas. Me afastar de ti vai ser se destruir e cair em um buraco bem fundo nesses próximos dias. Tô sentindo o que eu mais temia. Coração tá sufocado e apertado. Pois eu sei que encontrei alguém que eu poderia dar muito certo, independente se tô pensando em relacionamento ou não. Mas o que eu quero dizer é que meu coração tá doendo muito, pois tô deixando ir embora alguém muito especial. É aquele lance de identificação, sabe? Eu pedi pra ti não me procurares mais, mas acho que a real é que eu vou tá torcendo pra quê tu me procures e diga que vais querer tentar comigo alguma coisa, dar uma chance pra tudo isso. Pois o meu sentimento por ti é verdadeiro e forte. Como eu já havia dito no texto anterior, logo agora que eu já estava conseguindo libertar depois de 5 anos o meu lado sentimental aí acontece isso. Corações machucados passam por um processo de resiliência e se tornam cada vez mais frios. E é o que vai acontecer comigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário