domingo, 4 de outubro de 2015

CORAÇÃO MACHUCADO E CONFUSO


  E olha eu aqui de novo mais uma vez. Parece que quando as ondas que ferem e nos destroem resolvem vim, elas vêm tudo de uma vez só. Pesada e sem piedade. É muito ruim sentir o que tô sentindo. É muito ruim sentir vontade de chorar a todo momento. É ruim perceber que aconteceu algo que eu mais temia. Não quero culpar absolutamente ninguém, mas acho que antes de tudo criar raiz as coisas podem ser evitadas. Não temos controle sobre quem e quando gostar. O coração é traiçoeiro e não nos dá a liberdade de optar por esses tipos de coisas. Logo agora depois de 5 anos que eu tava colocando pra fora o meu lado sentimental de novo, aí mais uma vez ele é machucado e acho que isso vai acabar sendo uma opção pra eu fechá-lo de uma vez, porque pessoas frias se protegem mais e se machucam menos depois. É aquele lance de nada comover, nada sentir e nem se preocupar. É ruim acabar criando esse tipo de proteção, pois isso só se cria depois de se machucar muito. Tu pedes um tempo sem antes dar uma chance pro que pode acontecer. Tu pedes um tempo e ao mesmo tempo dizes que não quer que eu fique longe. Tu dizes que estás confuso, mas acaba me confundindo junto. E isso dói. Dói muito e continua doendo. Porque agora eu percebi que realmente eu tô gostando de ti. Que louco, não? Gostar de uma pessoa que nunca vi na vida. Pois é, nem eu sei como. Não queira que eu explique algo que no momento está sendo indecifrável. Eu pedi pra tu vires até mim quando tiver com a cabeça mais organizada, mas estou aqui louco pra te mandar uma mensagem ou até mesmo chegando alguma tua perguntando como eu tô. E como eu estou? tô bem mal. Chorei a tarde toda no colo até dos meus amigos, coisa que jamais achei que aconteceria de novo. E sim, aconteceu. Aconteceu o pior. Tô machucado. Tô triste, mas eu espero que isso passe logo. E eu sei que uma hora passa. Tua dúvida é se eu ainda vou te querer quando tiver se sentindo melhor, mas de uma coisa eu acho que tu podes ter certeza em relação à isso: Eu vou tá aqui te esperando. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário