domingo, 10 de março de 2013

RODEADO PELO NADA

 Acabei percebendo que meus momentos de felicidade e alegria são quando estou no meio das pessoas que amo. Quando consigo me divertir e me distrair, e é aí que acabo esquecendo do meu mundo real e deixo os problemas de lado por alguns instantes. Mas quando vou pra casa, caio na tristeza novamente. Fico me sentindo terrível, inútil e um ser sem sentido no meio disso tudo. Muitas vezes, por mais que eu esteja rodeado de muitas pessoas me sinto sozinho.  Não sei muito bem qual o motivo de eu ficar me sentindo dessa forma, talvez seja porque a minha vida anda desconcertada e muitas coisas estão dando errado. Coisas que fiz o possível pra evitar, mas que acabam acontecendo. Parece que quanto mais se evita, mas vem. E a única opção que tenho é viver até a paciência chegar no limite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário