terça-feira, 20 de dezembro de 2011

PENSAR OU OPINAR




 

  Chegou agora aquele momento em que eu paro pra pensar sobre algumas coisas, depois de um tempo com as ideias embaraçadas e totalmente fora do eixo. Acabo de perceber que nem sempre temos que opinar sobre alguma coisa, o que nos resta é apenas observar e ficar calado diante de alguns fatos. Anotações são fundamentais pra que sirva como uma forma de peça de escape. Onde você possa se refugiar de problemas e que as coisas possam ficar mais tranqüilas.
 Percebi que algumas opiniões minhas são fortes demais, ou até mesmo elas parecem ser poucos conclusivas. Diante disso, me autorizo a ficar mais quieto e pensar mais e mais sobre as coisas da vida. Sobre os fatos que acontecem, sobre tudo que eu observo.
 É claro que seria uma arrogância da minha parte não me defender. Acho que é preciso debater e discutir sobre algumas coisas, mas acho que se algo me incomoda, preciso pensar duas vezes antes de decidir se é necessário opinar sobre aquilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário