quinta-feira, 25 de novembro de 2010

SÍNDROME DE DÉJÀ VU

Em alguns momentos da vida nos sentimos meio desalmados, meio céticos, sem emoção e sem sentimentos mesmo. Tudo fica sem graça, frio. Parece que estamos mortos, que tudo aquilo é só o corpo mesmoe que não há alma.
  Tudo transparece não me comover, não me emocionar, não amar. Mas na verdade, tudo está preso dentro de mim, eu ali querendo que tudo transborde, mas nada.É uma coisa sem graça, sem sal, sem açúcar, sem nem um tipo de coisa que venha de mim mesmo. Tudo fica congelado, muito frio, e todo aquele ar quente de sentimentos e vontades fica ali, preso e congelado.
 
Sei que de alguma forma, machuco alguém. Deixo feridas incuráveis nos outros, mas pode ter certeza de uma coisa: Eu estou te amando, mas nesse momento, tudo está congelado e frio, e não consigo demonstrar meus sentimentos. Estou morto por dentro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário