quarta-feira, 8 de abril de 2015

RETALHOS DE UMA PAIXÃO ERRADA


 Agora sim percebi a proporção que essa história toda tomou. Depois de anos me pego envolvido por esse sentimento louco que é a paixão. Já me apaixonei algumas vezes, mas acredito que essa seja a segunda ou terceira vez que a paixão fica tão imensa e nervosa. Bastou uma vez pra eu sentir o teu carinho, o teu corpo encostar no meu e sentir os teus beijos pra acontecer tudo isso. Tudo rápido demais, eu sei. Até hoje não entendo que quando é pra se apaixonar, as coisas tem que acontecer tão rápido e inesperadamente assim. Só que é ruim perceber que essa paixão toda foi pro caminho e pessoa errada. Há anos também que não sentia tanta frieza. Há anos que não abria tanto o meu coração e ele fosse pisoteado assim da forma que foi. Implorei. Supliquei, mas de nada adiantou. Pois aqui tô eu. Nó na garganta. Ferida recente cutucada. Coração todo retalhado. Coração bateu forte. Faltou sair pela boca quando me peguei ali implorando perdão e mais uma chance. Mas o que me deixa mais triste é agora ter caído a ficha que realmente nem se importa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário