terça-feira, 17 de junho de 2014

NÃO ERA PRA SER


 Mais uma frustração. Mais uma dor. E eu achando que dessa vez poderia acontecer algo mais sério, mais compromissado. Mas eu vi que mais uma vez me enganei. Esperei a poeira baixar, te esperei pra ver se realmente havia algum interesse em mim. Aprendi com um amigo que "Dê um tempo de três dias, e se não vier atrás é porque realmente não era pra ser". E foi isso que eu fiz. Esperei e nesse meio tempo acabei descobrindo os terrores que todo mundo tem. Cada qual tem o seu, mas esses terrores tornam-se letais quando afetam à outras pessoas que te amam. Não, não era amor. Mas chegou a ser paixão. Achei que tinha aparecido alguém que pudesse me proporcionar carinho, atenção e amor. Achei que eu tava no caminho certo, que tava entrando em uma onda maravilhosa. Mas como eu disse, me enganei. Acabei descobrindo que você é uma pessoa que finge ser o que não é. Que só quer saber de curtição, e todo aquele interesse seu por mim e todas aquelas palavras de saudade não passavam de uma mentira. Tudo falso. Pisei em um caminho que fez eu me afundar, cair e bater de cara no chão. Eu choro, e você rir. Entrei na onda errada. E fico agora sem entender por que me envolveu, por que permitiu que eu mergulhasse nessa estando ciente de tudo. Amar é perigoso demais, e cada vez mais percebo isso. O que me resta agora é seguir em frente, de cabeça erguida e levando mais um aprendizado comigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário