segunda-feira, 2 de junho de 2014

ARRISCAR


 Há quase dois anos vivo em um mundo de total liberdade. Sem ter um compromisso com alguém. E venho preservando isso de acordo com as minhas exigências, mas me parece que agora alguém conseguiu chegar e me prender junto. Mesmo nem se quer ter sentido o seu beijo, meu coração bate mais acelerado quando tenho uma conversa com você. Faz o meu tipo em proporções físicas, e parece ser alguém legal e que acredito que possa rolar algo mais sério. Tô me sentindo mais emotivo, e começo a estranhar qualquer coisa de indiferente que aconteça entre nós. E isso não é tão legal assim. Se apaixonar é perigoso. Pode machucar. Mas eu sei também que existem muitas coisas que trazem um bem estar. Dessa vez não é mais alguém que vai passar por mim e ficar por despercebido. Meus pensamentos não se centralizam só no momento de se ver, mas a maior parte do dia é sobre você. O negócio agora é se entregar e ver o que acontece, pra não dizer depois que não arrisquei, que pelo menos não tentei. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário