quarta-feira, 16 de maio de 2012

PASSOS ANTIGOS


 Talvez possam achar que eu seja apenas um garoto bobo, mas eu sou daqueles que acham que devem ficar dando uma revirada no passado das pessoas que amam. Algo sempre me induz a procurar palavras e fatos antigos. Se eu tiver com a chave na mão de um baú velho e empoeirado, vou lá e acesso tudo que eu posso ter em mãos, sob os meus olhos.
 O problema em tudo isso é o que vem depois. Na maioria das vezes descubro coisas desagradáveis, que me machucam e que me deixam desapontado. Pois querendo ou não, todos têm um passado negro. Coisas erradas. Desagradáveis. Mal feitas. Nem eu mesmo sei o motivo de querer ter acesso sobre essas coisas, já que tudo isso vem me decepcionando cada vez mais.
 Eu procuro entender algumas coisas, comparando o agora com o ontem. Não consigo encaixar tudo isso, muitas das vezes o desapontamento vem pelo fato de eu conhecer uma pessoa de agora, e o passado da mesma torná-la outra. Como eu gosto de definir isso, são os fantasmas que persistem em me perseguir. Talvez, sejam esses fantasmas que fazem com que eu procure as coisas do passado. Mas sinceramente, eu não sei o que isso quer dizer. O único problema é que águas dos meus olhos transbordam por alguma razão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário