quinta-feira, 31 de março de 2016

RECIPROCIDADE


 Eu sempre espero demais dos outros. Na verdade, eu sempre espero que façam e demonstrem a mesma coisa que eu. Acho que aí que tá o problema da coisa toda. Reciprocidade não é tão igualável. Mas eu gosto de sentir que a pessoa gosta. Que ela tá na mesma vibe, sabe? Eu fico me sentindo um trouxa quando falta alguma coisa. Quando falta um contato. Quando falta um abraço. Até mesmo um "tu estás bem?" no dia. Eu odeio esse negócio de ter que se ver todo santo dia, de ter essa necessidade de se tocar todo santo dia. De tá pessoalmente, saca? Eu gosto de sentir saudade, porque ela renova a coisa toda e faz com que tudo dure. Mas eu também gosto de saber como a pessoa tá. Sei lá. Esse texto é bem, como na maioria das vezes, pra expurgar todos esses anseios e pensamentos que me afligem e me preocupam tanto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário